• marketingmatchspot

Circunferência abdominal deve ser medida para prevenir problemas cardíacos.


Acima do peso ou magro de "pochete", dentro ou fora do IMC (Índice de Massa Corpórea), não importa. Se a sua circunferência abdominal estiver acima da média, ela pode ser um indicativo de que a sua saúde está em risco. É o que recomenda a American Heart Association, uma das entidades médicas mais importantes quando o assunto é cuidado e prevenção de doenças cardiovasculares e AVC.


A nova orientação, publicada recentemente no periódico Circulation, afirma que a medida da circunferência abdominal é tão importante quanto os outros exames para analisar o quadro geral de saúde do paciente e qual seria o peso ideal para ele. Isso porque diversas pesquisas já evidenciaram que uma barriga saliente pode ser um sinal da gordura visceral— uma forma ruim de gordura que costuma envolver os órgãos e aumenta o risco para doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, AVC e aumento do colesterol.


O que é gordura visceral? Todo mundo tem alguma gordura na barriga. Isso é normal. A chamada gordura visceral protege os seus órgãos mas, em excesso, aumenta o risco para doenças cardíacas, pressão alta, diabetes, demência e até mesmo alguns tipos de câncer, como de mama e cólon. Os especialistas acreditam que isso acontece porque a gordura visceral excessiva leva o corpo a um estado inflamatório que restringe os vasos sanguíneos, aumentando a pressão arterial e provocando inflamação em tecidos e órgãos.



Como saber se você corre risco? Pegue uma fita métrica e passe ao redor da barriga, na altura do umbigo: homens com circunferência abdominal maior que 94 cm e mulheres com medida.acima de 80 cm (números aceitos atualmente no Brasil) são considerados com excesso de gordura abdominal, mesmo que o peso corporal seja considerável saudável. Entretanto, esse é um resultado subjetivo e é preciso fazer uma bioimpedância ou ressonância magnética para ter noção certeira da quantidade de massa gorda do corpo. Para o cirurgião do aparelho digestivo Rodrigo Barbosa, especialista em obesidade e cirurgia bariátrica de São Paulo, a circunferência abdominal pode ser reduzida com bons e novos hábitos, por isso devem sim ser levadas em consideração, principalmente quando se perde peso com a ajuda de alguma intervenção cirúrgica, como, por exemplo, a cirurgia bariátrica. "


"Quando falamos em perder peso e ganhar saúde estamos nos referindo a eliminar gordura e adquirir músculos, e isso só é possível adquirindo bons hábitos de atividade física e de alimentação adequada. É matemática, não tem segredo: comer menos e gastar mais", diz o especialista.


Fonte: https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2021/05/02/circunferencia-abdominal-deve-ser-medida-para-prevenir-problemas-cardiacos.htm

10 visualizações0 comentário